Como ler livros

Mortimer J. Adler & Charles Van Doren

R$ 99,90 R$ 69,90

O Guia Clássico para a Leitura Inteligente

Neste clássico, Mortimer Adler nos ensina a praticar a leitura em diferentes níveis — elementar, inspecional, analítica e sintópica — e nos ajuda a adequar nossa expectativa e forma de leitura ao tipo de livro que pretendemos ler. Não se lê um romance da mesma forma que se lê ciência. Não se lê ciência da mesma forma que se lê história. Mais que um livro de técnicas de leitura, trata-se de um verdadeiro tratado de filosofia da educação.


Se você é associado e o botão para comprar este item não está habilitado, faça seu login aqui.

REF: 9788588062894 Categoria

Descrição

Como ler livros, publicado originalmente em 1940, tornou-se um fenômeno raro, um clássico vivo. Trata-se do melhor e mais bem-sucedido guia de compreensão de leitura para o leitor comum. E agora ele retorna em versão completamente reescrita e atualizada. O livro aborda os vários níveis de leitura e mostra como atingi-los — da leitura elementar à leitura rápida, passando pelo folheio sistemático e pela leitura inspecional. Aprende-se a classificar um livro, a “radiografá-lo”, a isolar a mensagem do autor, a criticar,. Estudam-se as diferentes técnicas para ler livros práticos, literatura imaginativa, peças teatrais, poesia, história, ciências e matemática, filosofia e ciências sociais. Por fim, os autores oferecem uma lista de leituras recomendadas, bem como testes de leitura para que você possa medir seu progresso em compreensão, velocidade e capacidade de leitura.

* * *

O livro mostra concretamente como se pode realizar uma leitura adequada a sério, e quanto ela pode render em instrução e prazer.
The New Yorker

(…) O livros de Mortimer Adler, além de manual abrangente de técnicas de leitura, é um estudo ontológico sobre a natureza desta, sugerindo a unidade fundamental dos gêneros nos diversos patamares de certeza e nos diversos níveis de leitura, articulando a profundidade da análise com a cobertura da extensão geométrica da variação dos gêneros. Nada mais, nada menos, que os velhos Trivium e Quadrivium conjugados e aplicados à arte de ler.
José Monir Nasser

* * *

Mortimer J. Adler

Filósofo, professor e teórico da educação norte-americano, Mortimer J. Adler (1902-2001) nasceu em Nova York, no seio de uma família judia. Abandonou a escola aos quatorze anos e foi trabalhar como contínuo no New York Sun. Alguns anos depois, pretendendo tornar-se um jornalista, decidiu frequentar aulas na Columbia University para melhorar a escrita. Em Columbia, teve contato com as obras de Aristóteles, Santo Tomás de Aquino, John Locke, John Stuart Mill e outros. Dedicou-se tanto aos estudos que não conseguiu cumprir os requisitos mínimos para completar sua graduação. No entanto, logo a universidade o recompensou com um doutorado honorário pela qualidade de sua escrita. Assim, na década de 1920, Adler tornou-se professor de psicologia, escrevendo vários livros sobre a filosofia e a religião ocidentais, além de suas próprias obras filosóficas. Nelas, ele evitava a linguagem acadêmica a fim de fazer com que seus pensamentos fossem acessíveis a qualquer tipo de leitor, e não apenas a especialistas e acadêmicos.

Autor de mais de 50 livros, na década de 1930, tornou-se professor da Universidade de Chicago, ajudando a fundar o Institute for Philosophical Research da Universidade da Carolina do Norte, o Aspen Institute e o Center for the Study of the Great Ideas. Principais obras, entre outras: A Dialetic of Morals (1941), The Revolution in Education (1958), The Conditions of Philosophy (1965), The Difference of Man and the Difference It Makes (1967), The Time of Our Lives (1970), Philosopher at Large: An Intellectual Autobiography (1977), Aristotle for Everybody (1978), How to Think About God (1980), Six Great Ideas (1981), The Paideia Proposal: An Educational Manifesto (1982), How to Speak, How to Listen: A Guide to Pleasurable and Profitable Conversation (1983), Ten Philosophical Mistakes (1985), A Second Look in the Rearview Mirror (1992).

Charles Van Doren

Charles Van Doren, nascido em 1926 em uma família norte-americana com tradição literária (é filho do poeta, escritor e professor da Universidade de Columbia Mark Van Doren, vencedor do prêmio Pulitzer na categoria “poesia”; sua mãe foi a romancista Dorothy Van Doren; o historiador Carl Van Doren, também vencedor do Pulitzer na categoria “biografia”, era seu tio), é um acadêmico dedicado com uma ampla variedade de interesses. Graduou-se pela High School of Music & Art, com bacharelado em artes liberais pelo St. John’s College, mestrado em astrofísica e doutorado em língua inglesa pela Columbia University. Atualmente, Van Doren é professor adjunto da Universidade de Connecticut.


Sumário

Prefácio — Lendo Mortimer Adler como Mortimer Adler nos ensina a ler

Prefácio da edição americana de 1972

PARTE 1 — AS DIMENSÕES DA LEITURA
1. A leitura: arte e atividade
Leitura ativa
Os objetivos da leitura: ler para se informar e ler para entender
Leitura é aprendizado: a diferença entre ensino e descoberta
Professores presentes e ausentes

2. Os níveis da leitura

3. A leitura elementar
Os estágios na alfabetização
Estágios e níveis
Os níveis superiores de leitura e o ensino médio
A leitura e o ideal democrático da educação

4. A leitura inspecional
Leitura inspecional I: pré-leitura ou sondagem sistemática
Leitura inspecional II: leitura superficial
A velocidade da leitura
Fixações e retrocessos
A questão da compreensão
Resumo da leitura inspecional

5. A arte da leitura exigente
A essência da leitura ativa: as quatro perguntas básicas
A arte de tomar posse de um livro
Os três tipos de anotação
Formando o hábito da leitura
Muitas regras em um hábito

PARTE 2 — O TERCEIRO NÍVEL DA LEITURA: A LEITURA ANALÍTICA
6. A classificação de um livro
A importância da classificação de livros
O que você pode aprender com o título do livro
Livros práticos versus livros teóricos
Tipos de livros teóricos

7. Como radiografar o livro
Tramas e complôs: como expressar a unidade de um livro
Dominando a multiplicidade: a arte de delinear um livro
Ler e escrever: as artes recíprocas
Como descobrir as intenções do autor
O primeiro estágio da leitura analítica

8. Chegando a um acordo com o autor
Palavras versus termos
Como encontrar as palavras-chave
Palavras técnicas e vocabulários especiais
Como encontrar os sentidos

9. Como especificar a mensagem do autor
Frases versus propostas
Como encontrar as frases-chave
Como encontrar as proposições
Como encontrar os argumentos
Como encontrar as soluções
O segundo estágio da leitura analítica

10. Como criticar um livro
O ensinamento é uma virtude
O papel da retórica
A importância de suspender o julgamento
Por que é importante evitar controvérsias
Como resolver discórdias

11. Concordar com o autor ou discordar?
Preconceito e julgamento
Como julgar a solidez de um autor
Como julgar o grau de completude de um autor
O terceiro estágio da leitura analítica

12. Materiais de apoio
O papel da experiência relevante
Outros livros como apoios extrínsecos à leitura
Como usar comentários e resumos
Como usar obras de referência
Como usar o dicionário
Como usar uma enciclopédia

PARTE 3 — COMO LER DIVERSOS ASSUNTOS
13. Como ler livros práticos
Os dois tipos de livros práticos
O papel da persuasão
Qual a consequência de concordar com o autor de um livro prático?

14. Como ler literatura imaginativa
Como não ler literatura imaginativa
Regras gerais para a leitura de literatura imaginativa

15. Sugestões para a leitura de narrativas, peças e poemas
Como ler narrativas
Uma nota sobre os épicos
Como ler peças teatrais
Uma nota sobre a tragédia
Como ler poesia lírica

16. Como ler livros de história
O caráter esquivo dos fatos históricos
Teorias da história
O universal na história
O que perguntar a um livro de história
Como ler biografias e autobiografias
Como ler sobre atualidades
Uma nota sobre os textos resumidos

17. Como ler livros de ciências e de matemática
Para compreender o projeto científico
Sugestões para a leitura de livros científicos clássicos
Como enfrentar o problema da matemática
Como lidar com a matemática nos livros de ciências
Uma nota sobre divulgação científica

18. Como ler livros de filosofia
As perguntas feitas pelos filósofos
A filosofia moderna e agrande tradição
Sobre o método filosófico
Os estilos filosóficos
Indicações para ler livros de filosofia
Sobre ter opiniões próprias
Uma nota sobre a teologia
Como ler livros “canônicos”

19. Como ler livros de ciências sociais
O que são as ciências sociais?
A aparente facilidade de ler livros de ciências sociais
Dificuldades da leitura de ciências sociais
A leitura da literatura de ciências sociais

PARTE 4 — OS FINS ÚLTIMOS DA LEITURA
20. O quarto nível da leitura: a leitura sintópica
O papel da inspeção na leitura sintópica
Os cinco passos da leitura sintópica
A objetividade necessária
Um exemplo de exercício de leitura sintópica: a ideia de progresso
O sintópico e o modo de usá-lo
Sobre os princípios que servem de base à leitura sintópica
Resumo da leitura sintópica

21. A leitura e crescimento intelectual
O que os bons livros podem nos proporcionar
A pirâmide dos livros
A vida e o crescimento da inteligência

Apêndice A — Lista de leituras recomendadas
Apêndice B — Exercícios e testes dos quatro níveis de leitura
Introdução
I. Exercícios e testes do primeiro nível de leitura: a leitura elementar
II. Exercícios e testes do segundo nível de leitura: a leitura inspecional
III. Exercícios e testes do terceiro nível de leitura: a leitura analítica
IV. Exercícios e testes do quarto nível de leitura: a leitura sintópica

Índice remissivo


Informação adicional

Peso 710 g
Dimensões 18 × 25 cm
Autor

Charles Van Doren, Mortimer J. Adler

Tradução

Edward Horst Wolff; Pedro Sette-Câmara

Editora

É Realizações

ISBN

9788588062894

Acabamento

Brochura

Páginas

432

Ano

2010

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.